A importância dos exames periódicos para manter a saúde ocular

A importância dos exames periódicos para manter a saúde ocular

Quando foi a última vez que você fez uma visita ao seu médico oftalmologista? Nossos olhos são responsáveis por cerca de 85% da nossa percepção e qualquer alteração em nossa visão deveria nos fazer correr ao médico. Mas sabia que devemos fazer exames de vista regularmente, mesmo sem notarmos alterações ou sintomas?

As doenças mais perigosas que podem acometer nossa visão são silenciosas. O glaucoma, por exemplo, age por muito tempo até que o paciente comece a detectar a perda progressiva da visão periférica. As doenças têm tratamento muito mais eficaz quando descobertos logo no início e a única forma de detectar e tratar essas doenças o quanto antes, é realizando exames regulares com um médico oftalmologista, pois 60% das doenças que levam à cegueira são tratáveis quando diagnosticadas precocemente.

Os exames de rotina, como a verificação da pressão intraocular, que sempre realizamos em clínicas oftalmológicas, permite que o médico oftalmologista faça o diagnóstico de doenças como o glaucoma, que geralmente é causado pelo aumento da pressão intraocular e não causa sintoma algum até iniciar a perda progressiva da visão, o que, a partir daí, torna muito mais difícil desacelerar ou parar o avanço da doença e a eventual cegueira.

Além do glaucoma, doenças como a Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI) e a retinopatia diabética também são silenciosas. A primeira atinge pessoas com mais de 50 anos de idade; já a outra, sem restrição de idade, pode afetar qualquer pessoa diabética. Essas doenças não exibem sintomas em seus estágios iniciais, porém podem ser percebidas com exames de fundo de olho ou mapeamento da retina.

Portanto, os exames permitem que o médico perceba, antecipadamente, sinais de doenças e degenerações as quais o paciente, por vezes, nem sequer se deu conta. O médico oftalmologista é o único capaz de detectar essas alterações, sendo imprescindível consultar-se com especialistas sempre.

Quem deve ter maior cuidado com a visão são diabéticos, crianças, adultos acima de 40 anos e idosos acima de 60 anos, mas é recomendável a todos que visitem seu oftalmologista anualmente, mesmo sem alterações ou sintomas perceptíveis. Fique em dia com seus exames! Visite regularmente seu médico oftalmologista.

Fonte: Revista Veja Bem – CBO (http://www.cbo.com.br/novo/publicacoes/revista_vejabem_20.pdf)

Responder

Seu endereço de e-mail não será publicado.